ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Orçamento de Gaspar para 2024 deve ultrapassar meio bilhão de reais pela primeira vez

Áreas como educação e saúde continuam liderando o ranking de despesas da administração municipal

Orçamento de Gaspar para 2024 deve ultrapassar meio bilhão de reais pela primeira vez
Ajustes precisaram ser feitos para garantir investimentos na cidade
FOTO GUILHERME SPENGLER

No último ano de Governo Kleber Wan-Dall, o orçamento da Prefeitura de Gaspar deve, pela primeira vez, ultrapassar a faixa do meio bilhão de reais. Mesmo assim, observa-se cortes em alguns setores, para contemplar outros que são fundamentais como saúde e educação. O Projeto de Lei (nº 85/2023), que estima a receita e fixa a despesa do município para 2024, foi aprovado na sessão ordinária da Câmara de Vereadores da última terça-feira (28) e agora segue para a sanção do prefeito. O orçamento indica quanto e onde a administração municipal pretende gastar o dinheiro público de 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano seguinte.

Para 2024, a Prefeitura estima uma receita e despesa de R$ 508 milhões, um aumento de quase 10% em relação ao orçamento deste ano. De acordo com o Projeto de Lei, R$ 449 milhões deverão se originar da arrecadação de impostos, taxas, contribuições, transferências e convênios com os governos federal e estadual.

 No ranking de despesas, a Educação (infantil e fundamental) segue sendo a área de maior despesa, com mais de R$ 122 milhões ou 24% do total do orçamento previsto para o município. Para este ano, o governo municipal destinou R$ 108 milhões para a Educação. Diferente do orçamento de 2023, quando apareceu em terceiro lugar, a saúde será, em 2024, a segunda área de maior despesa da administração municipal. O orçamento aprovado saltou de R$ 82,3 milhões para R$ 95 milhões em 2024, o que representa em torno de 18% do total. A Secretaria de Planejamento Territorial aparece agora em terceiro lugar, com despesas que devem bater na casa de R$ 89 milhões, seguida da Secretaria Municipal de Fazenda e Gestão Administrativa com previsão de R$ 57 milhões. Comparando com os números de 2023, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos vai ter praticamente o mesmo orçamento. Os investimentos não devem ultrapassar R$ 50 milhões.

Quanto aos cortes, para tentar ajustar o orçamento do município à realidade econômica, chama atenção os 27% nas despesas de gabinete do prefeito e vice-prefeito, que em 2023 estavam estimadas em mais de R$ 4 milhões e, para o 2024, a previsão é de R$ 2,9 milhões. Diretoria de Comunicação, Procuradoria Geral do Município, Cultura, Fundação Municipal de Esportes e Lazer (FMEL) e até a Defesa Civil também terão cortes no orçamento aprovado para o próximo exercício. Confira no link abaixo, o projeto de lei completo, aprovado pelo legislativo

https://www.camaragaspar.sc.gov.br/documento/projeto-de-lei-ordinaria-no-85-2023-62338

Imagens

LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

rede facebook | rede twitter | rede instagram | nosso whatsapp | nosso youtube

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 | logo facebooklogo twitterlogo instagramlogo whatsapplogo youtube