Remédios vão ficar caro a partir do dia 1

O reajuste será de 4,5% nos preços dos remédios

Remédios vão ficar caro a partir do dia 1

O Governo Federal, vai anunciar o ajuste 4,5% nos preços dos remédios. A projeção do reajuste é feita pela indústria farmacêutica e será publicada pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) ainda nesta semana no Diário Oficial.

Esse aumento foi 1,1% a menos que a elevação em 2023 e pouco mais de cinco pontos abaixo do que foi definido para 2022 e 2021. O aumento deve refletir nos preços de aproximadamente 10 mil medicamentos, que devem valer a partir do dia 1 de abril.

O aumento é anual e leva em consideração um cálculo que considera a inflação no período medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado em fevereiro no acumulado dos últimos 12 meses.

O aumento deve refletir nos preços de aproximadamente 10 mil medicamentos do mercado brasileiro. O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) recomenda que os consumidores devem pesquisar em sites ou lojas físicas para encontrar remédios com descontos e promoções, além disso deve denunciar quem estiver comercializando com preços abusivos.

Imagens

LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

rede facebook | rede twitter | rede instagram | nosso whatsapp | nosso youtube

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 | logo facebooklogo twitterlogo instagramlogo whatsapplogo youtube