As gasparenses que estão bombando na internet

Day e Duda Zuchi, mãe e filha, compartilham receitas, dicas de moda, beleza e lifestyle. Seus vídeos podem ser vistos por mais de 2 milhões de seguidores nas redes sociais como Instagram e TikTok.

As gasparenses que estão bombando na internet
Mãe e filha começaram com passatempo durante a pandemia, hoje ganham dinheiro

Somando mais de 2 milhões de seguidores em redes sociais como Instagram e TikTok, duas gasparenses estão fazendo o maior sucesso na internet. Elas são Day e Duda Zuchi, mãe e filha que resolveram compartilhar receitas, dicas de moda, beleza e lifestyle. 

A vida de mãe e filha na internet começou em 2020, no meio da pandemia de Covid-19. Durante o isolamento social, Day, a mãe, cozinhava bastante para a família e resolveu compartilhar as receitas no TikTok, a primeira rede social em que ela viralizou. “A gente não tinha muita coisa para fazer, estava todo mundo tentando entender a situação e, como estávamos nós quatro em casa [Day, o marido e os dois filhos], resolvemos fazer alguma coisa para nos entretermos. Basicamente nós jogávamos e comíamos e como eu cozinhava muito, comecei a compartilhar minha rotina lá no TikTok. Eu fui muito bem aceita na plataforma, meus vídeos viralizaram muito e eu comecei a crescer. Depois de um tempo eu migrei também para o Instagram e hoje nós somos bem ativa nas duas plataformas”, conta Daiana.

O caminho de Duda, que tem 20 anos, foi semelhante. Ela conta que desde criança sempre gostou muito de tirar fotos, que a mãe montava looks para ela e que sempre teve câmera e gravava muitos vídeos. “Mas não era nada que eu postasse nas redes sociais, mas na pandemia eu também comecei a postar no TikTok. Além disso, logo depois da pandemia eu entrei em um concurso de beleza, o Gata Gaspar, e fiquei em primeiro lugar. Comecei também a mostrar mais a minha rotina, os meus parceiros e assim eu peguei o hábito de criar conteúdos”, revela. O TikTok, recorda Duda, também foi sua primeira plataforma de sucesso.

Mãe e filha começaram com passatempo durante a pandemia, hoje ganham dinheiro

Influência positiva

Duda relembra que elas tentam ser uma influência positiva na vida das seguidoras. Já não usam mais filtros e aparecem sem maquiagem nas redes sociais sem problema algum. Elas querem que quem as acompanha veja como elas são de verdade e não criem esterótipos não existem. “Mostrando a nossa realidade nós acabamos trazendo muito mais conexão com o nosso público, porque eles adoram ver como a gente é de verdade. Nossos seguidores não nos querem bonequinhas e eu acho isso muito importante, porque muitas meninas jovens, de 10, 12 anos, nos seguem e se espelham na gente. No meu caso, que trabalho com moda, elas se espelham no meu estilo, no que eu uso, no jeito que eu vivo, na minha faculdade, então eu gosto sempre de mostrar a realidade”, afirma a jovem influencer. 

Porém, mesmo assim, os haters, que são aquelas pessoas que disseminam ódio na internet, são inevitáveis. E Day revela algo surpreendente: os haters também são importantes para quem vive da influência digital. “O hater é importante para um influencer digital, vocês podem pensar que não, mas são. Obviamente que a gente tem que se blindar, tem que saber lidar com as críticas. O legal não é ficar olhando, é deixar a pessoa debater, porque cada pessoa vai ter uma opinião, uma percepção sobre uma coisa, vão ter comentários fofinhos, outros nem tanto e vai ter a pessoa que realmente está ali só pra criticar, mas esse é um problema da pessoa, não seu”, assegura, exemplificando: “Eu só compartilho receitas, as receitas são legais, não tem o que a pessoa criticar, mas se a pessoa acha que tem, é um direito dela, meu perfil é público, eu estou compartilhando conteúdo e eu dou esse direito para a pessoa, mas eu não respondo os comentários, eu não deixo isso entrar na minha vida, mas eu deixo livre o direito da pessoa de ela comentar o que ela quiser. Não adianta a gente romantizar a internet, é muito legal, é muito atrativo, nós amamos o que fazemos , mas a gente precisa ter esse entendimento de que tem coisas boas e coisas ruins”, finaliza Duda.

E a família vira influencer também?

Mostrar a vida na internet pode implicar em expor, também, a família, que muitas vezes não optou pela exposição. Porém, na casa de Day e Duda não é assim. A influencer conta que o marido, Hordonio, é seu maior incentivador e que o filho mais velho, Pablo, e o genro, Ricardo, ficam felizes quando são reconhecidos pelas seguidoras. “Meu marido é meu maior incentivador. Eu dou graças a Deus de ter ele como parceiro. Ele está sempre ali dando uma diquinha, compartilhando meus conteúdos e quando ele vai em algum lugar que as pessoas o reconhecem, ele fica todo bobo, ele é 10. Meu filho Pablo é a mesma coisa, onde ele vai ele é reconhecido. Esses dias ele estava de madrugada no Mc Donald’s e uma menina veio tirar foto com ele, porque ele era o filho da Day, então é bem legal porque querendo ou não a família toda entra nessa. O namorado da Duda, o Ricardo, esses dias estava lá no Paraguai e foi reconhecido. Eles ficam muito felizes”.

@dudazuchi
Instagram: 100 mil
TikTok: 250 mil

@day_zuchi
Instagram: 444 mil
TikTok: 1,3 milhão
Kwai: 70 mil

Imagens

LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

rede facebook | rede twitter | rede instagram | nosso whatsapp | nosso youtube

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 | logo facebooklogo twitterlogo instagramlogo whatsapplogo youtube